skip to Main Content
Vinhos Especiais: Lista De Cuidados Importantes

Vinhos especiais: lista de cuidados importantes

O gosto por vinhos é algo que evolui com o tempo. É natural que se comece apreciando rótulos comerciais, feitos para o dia a dia, e com o passar do tempo, consumir bebidas com mais personalidade.

Esses são os chamados vinhos especiais. Graças aos seus processos de produção e às suas características marcantes, exigem um número maior de cuidados na hora de ser degustado, ou você pode acabar não apreciando o melhor da bebida.

Quer descobrir quais são esses cuidados? Continue a leitura até o fim e saiba como degustar seu vinho corretamente!

O que são vinhos especiais?

O termo vinhos especiais geralmente é empregado para citar rótulos que têm autenticidade, feitos em pequenas quantidades, por vinícolas tradicionais ou pequenas bodegas, a partir de videiras mais antigas.

Se diferenciam daqueles feitos para consumo rápido e chamados de vinhos comerciais: estes geralmente são produzidos em maior escala e comercializados ainda jovens a um preço mais baixo.

Os vinhos especiais são conhecidos por terem personalidade forte, ou seja, características mais marcantes nos aromas e no paladar. Os taninos e a acidez são mais intensos e se desenvolvem em taça durante a degustação.

Também é comum que sejam bebidas com um grande potencial de guarda. Isso quer dizer que os vinhos precisam permanecer durante alguns anos na garrafa, amadurecendo, para atingir seu tempo ideal de consumo.

vinhos especiais o que são

Os vinhos especiais têm personalidade forte e grande potencial de guarda.

Cuidados importantes com vinhos especiais

Graças a suas características, a degustação de vinhos especiais acaba sendo diferente e exigindo alguns cuidados. Confira, a seguir, os principais!

Armazene as garrafas corretamente

O primeiro cuidado que se deve ter é saber como armazenar garrafas de vinhos especiais. É essencial que sejam guardadas em um local fresco, com temperatura constante entre 12 e 14 graus, já que costumam ser sensíveis a variações climáticas.

Também é importante que o local de armazenamento seja escuro e sem trepidações, pois a luminosidade e as vibrações no ambiente podem afetar as características do vinho. 

Por fim, os vinhos especiais costumam ser selados com rolhas maciças para que fiquem bem vedados sem que sejam prejudicados. Para que a cortiça não seque e interfira na qualidade da bebida, guarde-os sempre em posição horizontal, assim, o líquido fica em contato direto, barrando a passagem de ar.

Saiba o período ideal de consumo

Antes de abrir um vinho, é muito importante que você observe se ele já atingiu seu período ideal de consumo. Denominações de origem como Brunello di Montalcino ou Barolo podem demorar anos para chegar a esse ponto.

Uma forma de saber se seu vinho já está pronto para ser consumido é observar as informações contidas no rótulo. Se necessário, informe-se por meio do site da vinícola ou da loja que você adquiriu a bebida.

Tome cuidado ao abrir a garrafa de vinho

Como esse estilo de bebida fica armazenado durante mais tempo, é comum que a rolha fique levemente ressecada. Ao abrir a garrafa, ela pode se despedaçar e soltar sedimentos na bebida, prejudicando a sua degustação.

Por isso, os vinhos especiais devem ser abertos com muito cuidado. Gire o abridor até o fim e puxe as hastes laterais vagarosamente. 

vinhos especiais cuidados ao abrir a garrafa

Redobre os cuidados na hora de abrir um vinho especial.

Utilize um decanter

Quando um vinho fica armazenado durante muito tempo, suas características podem não estar em condições ideais para a degustação logo após aberto. Ele precisa de contato com o ar para que os taninos, a acidez e os aromas se desenvolvam.

Nesse caso, pode ser necessária a utilização de um decanter. Esse acessório para vinho aumenta a área de contato entre a bebida e o oxigênio, acelerando seu desenvolvimento. 

Para usá-lo, deixe a garrafa em pé por algumas horas antes de abri-la para que os sedimentos possam descer ao fundo. Em seguida, despeje seu conteúdo no decanter com cuidado e, assim que os sedimentos atingirem o gargalo ou a colocação do líquido se tornar mais turva, pare.

O tempo de decantação de cada vinho pode variar de acordo com suas características. Confira! 

vinhos especiais decanter

Utilize um aerador

Outra opção para quem quer acelerar o desenvolvimento de vinhos especiais é a utilização de um aerador. O utensílio tem a mesma função do decanter, porém o processo é feito instantaneamente.

Ao despejar o vinho em um aerador, o líquido sofre a pressão da gravidade, e o oxigênio é mesclado à bebida por meio de pequenos furos nas laterais. Também é comum que seja equipado com uma peneira para separar os sedimentos.

Tomando esses cuidados, a degustação de vinhos especiais fica bem melhor! Você consegue sentir as nuances da bebida, liberar seus aromas e sabores e evita ingerir sedimentos da rolha ou do próprio líquido.

Para conferir uma seleção de rótulos especiais nacionais e importados, acesse o site do Divvino, clicando no banner abaixo!

vinhos especiais divvino

Back To Top