Regiões vinícolas chilenas: Valle do Colchagua e Valle del Maipo

Destaques / 3 min

18 de março de 2019

O Chile é um destaque mundial na produção de vinhos. Reconhecido pela criação de rótulos famosos e saborosos, o país passou a ocupar o posto de maior produtor do Hemisfério Sul e quinto maior do mundo.

Entre suas regiões notáveis, estão o Valle de Colchagua e o Valle del Maipo, na zona central, próximos a Santiago. Ambas dão origem a produtos de denominações de origem controlada.

Quer descobrir mais sobre essas regiões vinícolas do Chile? Continue sua leitura!

Valle de Colchagua

Localizado na região central do Chile, a 100 quilômetros de Santiago, o Valle de Colchagua atravessa o país desde a fronteira com a Argentina até o Oceano Pacífico. Seu nome vem da palavra “girino” em mapudungun, língua do povo nativo mapuche.

O terroir de seus vinhos é formado por alguns fatores importantes, como seu clima característico e por seu solo, banhados pela Cordilheira dos Andes. Outro fator importante é a agricultura, presente desde as civilizações mapuches.

Conta-se que no século 15, antes mesmo da chegada de colonizadores espanhóis, esse povo nativo da região já apresentava métodos de agricultura e irrigação sofisticados. No país, porém, não havia uvas ditas finas e que pudessem gerar bons vinhos.

Foi só no século 19, com a chegada de cepas como Cabernet Sauvignon, Merlot, Carmenère e Malbec que a região passou a produzir bebidas de qualidade. Seu terroir entre o oceano e as montanhas favoreceu a condição dos frutos, que se desenvolveram positivamente.

Hoje, o Valle do Colchagua tornou-se uma importante região de produção vinícola do Chile, ganhando legalmente, em 1994, sua própria denominação de origem controlada. Pouco depois, em 2005, foi considerada a “Melhor Região Vitivinícola do Mundo”.

Além disso, também é um local que atrai turistas do mundo todo, graças a seu enoturismo. Entre as vinícolas notáveis estão Estampa, MontGras e La Ronciere.

colchagua chile

Desde o século 19, o Valle de Colchagua se tornou uma importante região produtora de vinhos.

Valle del Maipo

Assim como o Valle do Colchagua, o Valle del Maipo ganhou sua denominação de origem controlada em 1994, decretada pelo governo chileno. Localizado à beira do rio de mesmo nome, abrange todas as vinícolas localizadas na região metropolitana de Santiago.

A praga europeia filoxera, que quase dizimou as vinícolas do continente durante o século 19, obrigou os produtores da época a buscar novos caminhos, incluindo a migração para a região do Novo Mundo.

O Chile é conhecido por ser um país blindado de pragas para o vinho. Ao norte, é protegido pelo deserto do Atacama; ao sul, pelo frio da Patagônia; ao leste, se encontra com a Cordilheira dos Andes; e ao oeste, com o Oceano Pacífico.

O terroir do Valle del Maipo é formado por verões quentes e secos, invernos frios e chuvosos e amplitude térmica que favorece as videiras. Além disso, as águas frias do Oceano Pacífico e a presença dos Andes garantem proteção e auxiliam no clima favorável aos frutos.

Entre as vinícolas notáveis da região estão Tarapacá, Maipo, Santa Rita e Concha Y Toro. Essa última representa 37% do mercado vinícola chileno e é um dos principais destinos do enoturismo no país durante a época de vindima.

colchagua chile

O Valle del Maipo tem uma amplitude térmica que favorece as vinícolas.

Nas regiões vinícolas chilenas do Valle de Colchagua e Valle del Maipo, encontram-se condições ideais para gerar bebidas ricas.

No Divvino, você encontra vinhos das principais regiões do Chile, incluindo o Valle do Colchagua e o Valle del Maipo. Essas regiões são as escolhidas para assinantes do ClubeD Premium no mês de março, que receberão até seis rótulos deliciosos desses locais.

Deseja apreciar os rótulos das regiões chilenas também? Clique no banner abaixo e saiba como assinar o ClubeD, o clube de assinaturas de vinhos mais barato do Brasil!