Você sabe quais são as principais uvas dos vinhos da Argentina?

Dicas e curiosidades / 3 min

27 de março de 2019

Com um terroir incomparável, Mendoza é a melhor região produtora da Argentina, responsável por elaborar taninos aveludados encantadores a cada degustação. O melhor de tudo é que a região é a escolhida para a modalidade Classic do ClubeD em março!

Ao longe do que muito se pensa sobre Argentina, o país produz com exímia qualidade outras uvas além da Malbec. Na experiência deste mês, você apreciará um blend composto por Cabernet Sauvignon, Merlot e Malbec e um varietal da uva Malbec.

Neste post, você vai conhecer um pouco mais sobre as uvas argentinas de Mendoza mais conhecidas! Vamos lá?

Cabernet Sauvignon

A produção de Cabernet Sauvignon tem reputação alta nos vinhos varietais, além das assemblagens de grande peso com pontuações internacionais bem consideráveis. Ganham destaque nas regiões da Patagônia e Mendoza, onde os vinhos desenvolvem taninos evidentes, intensidade que surpreende e persistência longa de final de boca.

vinhos da argentina

Um rótulo característico da região de Mendoza é o assemblagem da Família Bianchi, Don Valentin Lacrado, elaborado em homenagem ao fundador Dom Valentim.

O rótulo é elaborado das uvas Cabernet Sauvignon, Merlot e Malbec, um blend que destaca as qualidades das uvas argentinas: taninos evidentes, corpo aveludado e sedoso.

Merlot

O apreço da Merlot é considerável mundialmente, mas o terroir argentino faz você se apaixonar por essa casta. No velho mundo, a produção dessa uva fica ofuscado porque na grande parte são vinificados em blends.

No entanto, na Argentina, em Mendoza, o Merlot ganha valor sendo engarrafado em varietal, encantando a todos com sua boa fruta, taninos doces, corpo aveludado e sedoso.

vinhos da argentina

Malbec

Conhecida como a “queridinha” da Argentina, a Malbec apresenta todo o charme latino: sedutor, aveludado e macio, um vinho envolvente que faz você desejar a próxima taça.

Nascida na França, uma das uvas mais consumidas no Brasil, sua chegada na Argentina se deu em 1852. O Varietal dessa uva pode chegar a custar R$5.000,00 valores que expressam a valorização da produção desses vinhos. As características que mais encantam os degustadores são os aromas de ameixas negras, figos e compotas, quando envelhecido em barrica tem variados tipos de especiarias como:

  • anis-estrelado
  • canela e zimbro
  • frutas secas.

Quando se trata de volume em boca apresenta textura mais aveludada e carnuda, o que torna um case de sucesso esse varietal Brandsen.

O ClubeD sempre procura trazer vinhos de qualidade e repletos de história para saciar o paladar e nutrir o seu conhecimento. Quer conhecer mais sobre o clube? Clique no banner abaixo!

vinhos da argentina