Entendendo de vinho

O que é um vinho biodinâmico? Entenda!

Entendendo de vinho / 4 min

14 de novembro de 2019

Desde o século passado, as formas ecologicamente corretas de viticultura têm ganhado espaço entre os produtores. Apesar desse crescimento, muitos consumidores ainda não sabem o que é vinho biodinâmico quando encontram essa informação no rótulo.

Leia nossa publicação até o fim e descubra como é produzido esse tipo de vinho e quais suas características.

O que é um vinho biodinâmico

Como o nome sugere, os vinhos biodinâmicos são bebidas produzidas a partir dos conceitos desse tipo de agricultura, desde a preparação do solo e adubagem a plantio e colheita. Mas, afinal, o que é agricultura biodinâmica?

Trata-se de um sistema ecologicamente correto, desenvolvido no início do século 20 pelo filósofo e artista Rudolf Steiner. Sua base é fundamentada na agricultura orgânica, que prega a utilização de fertilizantes naturais à base de esterco, farinha de ossos e plantas, e técnicas que diminuam a exaustão do solo, respeitando a rotação de culturas.

Aliado a isso, são empregados conceitos de organismos agrícolas (integração de todas as atividades de uma propriedade), preparados homeopáticos e a utilização um calendário astronômico com as melhores datas para as atividades da lavoura.

A agricultura biodinâmica defende que se utilizem métodos e adubos naturais e que todos os elementos da propriedade estejam em comunhão (minerais, vegetais, animais e o homem), a fim de gerar produtos mais saudáveis para o ser humano.

o que é vinho biodinâmico

A agricultura orgânica preza pela comunhão entre os reinos mineral, vegetal, animal e o homem.

Para isso, também não se pode utilizar pesticidas, pois isso estaria eliminando organismos vivos e desrespeitando o equilíbrio da natureza. Ao invés disso, são empregadas técnicas para contribuir com o ecossistema local.

A vinícola Don Giovanni, localizada em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, segue a filosofia biodinâmica para a produção de seus vinhos. Assista ao vídeo abaixo para entender melhor:

Certificações de vinhos biodinâmicos

A principal organização responsável por certificar os alimentos biodinâmicos é a Demeter International. Está presente em mais de 50 países e utiliza como base as regras propostas por Rudolf Steiner.

No Brasil, quem é responsável por chancelar o selo Demeter é a Associação de Certificação Instituto Biodinâmico (IBD). Isso é feito por meio de uma inspeção das propriedades agrícolas e dos produtos ofertados.

Vinho orgânico ou biodinâmico?

Mesmo sabendo o que é vinho biodinâmico, há pessoas que fazem confusão com o termo orgânico. Apesar de serem similares e terem muitos pontos convergentes, tratam-se de coisas diferentes.

o que é vinho biodinâmico

A principal diferença entre a agricultura orgânica e a biodinâmica é que, no primeiro caso, trata-se de um método de produção, e a segunda é considerada uma filosofia, atrelada a uma visão de mundo.

Enquanto a produção orgânica é focada exclusivamente no método de plantio e cultivo, os produtores adeptos da biodinâmica devem respeitar o calendário astronômico e o equilíbrio dos seres vivos.

Efetividade da biodinâmica

Quando se fala em efetividade desse tipo de agricultura, é preciso entender dois pontos de vista diferentes: os resultados a curto prazo, de caráter mais prático, e a longo prazo, que dizem respeito à filosofia por trás do método.

Quanto à questão prática, tanto a biodinâmica carece de fontes que comprovem que os alimentos gerados apresentam maior valor nutricional para os seres humanos. Isso pode ocorrer, porém não é uma regra.

Por outro lado, quando se trata de algo mais idealista, é possível citar inúmeros benefícios. Um exemplo prático é a recente extinção das abelhas, que algumas pesquisas apontam ser causada pelo uso de determinados tipos de pesticidas e fungicidas.

Nesse caso, a agricultura biodinâmica serve como opção para evitar que isso ocorra. Empregando um manejo sem essas substâncias, preservam-se os organismos agrícolas.

Qual a diferença entre vinhos comuns e biodinâmicos?

Todos os processos empregados pelo enólogo influenciam a bebida que será entregue ao consumidor. Entretanto, o fato de um vinho ser biodinâmico não afeta em nada a análise sensorial, relacionada ao aroma ou paladar.

Suponhamos que haja dois vinhos distintos produzidos em uma mesma região e sob técnicas similares, porém um dos rótulos é biodinâmico e o outro convencional. É provável que a diferença entre ambos seja muito difícil de ser sentida no paladar.

Por outro lado, ele pode ser considerado mais saudável, já que passa por um processo de produção artesanal e que não leva químicos ou pesticidas que podem fazer mal ao organismo.

o que é vinho biodinâmico

Não há nenhuma diferença sensorial entre vinhos biodinâmicos e comuns.

A biodinâmica é considerada pelos seus adeptos mais que um método de plantio, mas um estilo de vida. Além de representar algo mais saudável, pois não faz uso de pesticidas, também preocupa-se com o bom convívio entre o reino animal, mineral e vegetal.

Agora que você já sabe o que é vinho biodinâmico, que tal ficar por dentro das nossas dicas? Basta preencher o formulário abaixo para se inscrever na nossa newsletter e receber conteúdos diretamente no seu e-mail!


Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *