Equipe Divvino

Salmão e vinho: como escolher o melhor molho para harmonização

Carnes brancas / 2 min

28 de agosto de 2018

Quando o assunto é harmonizar não existe um alimento tão versátil como o salmão! Por ser gorduroso e ter um sabor marcante, o peixe pode combinar com vários vinhos, inclusive tintos. Para isso, é fundamental saber qual o molho ou acompanhamento para sua harmonização de salmão e vinho ser perfeita!

Poucos peixes combinam tão bem com tantos vinhos diferentes como o salmão. Prosecco, Sauvignon Blanc e Pinot Nero são ótimas escolhas para o peixe. Continue a leitura para saber mais!

Molhos cítricos

O molho de maracujá é um clássico quando o assunto é salmão. Outra opção bem conhecida é o molho de limão. São esses tipos de molhos mais cítricos que fazem contrastes com o peixe. Porém essas opções requerem mais atenção para fazer a harmonização correta.

Neste caso, os mais indicados são os Rieslings e Torrontés. Essas duas uvas agregam leve doçura, sutil sensação amanteigada, além da riqueza de aromas de amêndoas e flores.

salmão e vinho

Molho Branco

O aveludado e a cremosidade do molho branco pedem um vinho intenso e de acidez presente. As uvas Gewürztraminer e Sauvignon Blanc são uma compra assertiva para harmonizar. Ambas possuem delicadeza, aromas leves e refrescantes, que lembram chás e na boca trazem acidez marcante e cítrica.

A Gewürztraminer abre o paladar e combina perfeitamente, afinal a mineralidade desses vinhos é tão elegante quanto o peixe ao molho branco. A Sauvignon Blanc da mesma forma: possui boa acidez, é untuosa e refinada.

Molho de Mostarda e Mel

Para o molho de mostarda e mel, que é leve, agridoce e tem notas tão delicadas, o ideal para harmonizar salmão e vinho são as uvas Vignoner e Chardonnay.

A uva Vignoner apresenta aroma de chás e flores, delicada oleosidade no paladar e “final de boca” delicado. Os vinhos da uva Chardonnay encantam com o aroma de frutas cítricas, final de boca amanteigado e acidez sutil.

Esses vinhos têm acidez mediana e agradável, além de aromas sutis de ervas, acidez refinada e final de boca oleoso.

Acompanhamento de massas com queijo

Quando o assunto é queijo, podemos aproveitar a acidez dos vinhos e fazer a harmonização. Assim valorizar ainda mais o nosso peixe, combinando com vinhos no estilo do Pinot Nero e Zinfandel. Afinal são uvas que apresentam boa fruta, taninos macios, acidez agradável e final de boca suculento. Todas essas qualidades valorizarão ainda mais o seu prato.

Já escolheu qual combinação preparar? Temos certeza que todos são uma delícia! Conte para nós, nos comentários, qual tipo de salmão você prefere e se preparou algum deles harmonizado.


Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *