skip to Main Content
Guia De Uvas: Zinfandel, A Estrela Dos Vinhos Da Califórnia

Guia de uvas: Zinfandel, a estrela dos vinhos da Califórnia

Salvar PDFImprimir

A uva Zinfandel tem diversas denominações mundo afora, também sendo chamada de Primitivo, Crljenak Kaštelanski, Tribidrag e Pribidrag. Todas representam a mesma espécie, porém em diferentes regiões do mundo.

Hoje, é uma das principais variações produzidas nos Estados Unidos e, principalmente, no estado da Califórnia. Apresenta características e aromas fortes, além de um sabor intenso e um alto teor alcoólico.

Continue a leitura para saber mais sobre as origens, os sabores, os aromas e a harmonização ideal dessa uva!

Origem

A uva Zinfandel teve sua origem através da variação Crljenak Kaštelanski, cultivada na Croácia desde o século 15. Já no século 18, foi levada à Itália, na região de Apúlia, onde é cultivada sob o nome de Primitivo graças a seu amadurecimento rápido.

Com esse nome, dá origem a diversos vinhos muito conhecidos no Brasil como o Primitivo di Manduria e o Primitivo del Salento. Ambos devem ter o selo DOP, ou “denominação de origem protegida”.

Apenas no século 19 ganhou o nome Zinfandel, quando foi levada primeiro a Long Island, e depois à Califórnia, nos Estados Unidos. Lá, passou por uma popularização, se tornando uma das uvas mais cultivadas do país durante os anos seguintes.

Seu novo nome deriva de tzinifándli, nome austríaco da uva Zierfandler, já que foi levada à América por imigrantes da Áustria.

No início do século 20, sofreu uma queda na produção graças à proibição das bebidas alcoólicas. Só retomou sua popularidade nos anos 1970, e hoje chega a representar 90% da produção norte-americana, sendo 11% apenas na Califórnia.

uva zinfandel

A uva Zinfandel se popularizou apenas no século 20.

Tanto na Itália quanto nos Estados Unidos e na Croácia, o terroir é formado por regiões secas, próximas ao mar e temperaturas altas. Também pode ser encontrado em menor proporção em países, como África do Sul, México e Austrália.

O terroir californiano

Como já mencionamos, a Califórnia tem um papel fundamental para a uva Zinfandel. Desde a década de 1970, a região vem expandindo seu prestígio e sendo reconhecida em todo o mundo.

O estado fica localizado na costa oeste dos Estados Unidos, à beira do Oceano Pacífico e, por isso, é agraciado com uma alta incidência de sol durante o verão e ventos marítimos, que ajudam a resfriar as vinhas.

Nas uvas, isso surte efeito desenvolvendo seus açúcares, que após vinificadas, trarão aos vinhos um caráter frutado e adocicado. Além disso, como as plantações ficam em rochedos e locais mais altos, as bebidas também tendem a ficar com

Características da uva

Essa espécie é cultivada em regiões de muito calor, o que desenvolve no fruto mais açúcares. Durante o processo de fermentação, se transformam em álcool, formando vinhos com graduações alcoólicas altas, de até 15%.

A Zinfandel é uma variação com características fortes e intensos. Tem uma coloração rubi intenso, bordas violáceas e reflexos violeta, além de taninos firmes e acidez equilibrada.

uva zinfandel

Seu sabor evolui, apresentando notas de morango quando mais jovem e cereja e amora conforme amadurece. Também é possível perceber aromas de pimenta do reino, alcaçuz, cacau e cardamomo.

Quando produzida na Itália, é chamada de Primitivo e pode ter um caráter menos frutado e mais rústico, migrando para aromas como mineralidade e couro, e com taninos mais evidentes.

White Zinfandel

Além dos vinhos tintos feitos com a uva Zinfandel, há uma variação muito consumida nos Estados Unidos chamada White Zinfandel. Apesar do nome, trata-se de um rosé, produzido geralmente por meio do método saignée.

Com baixo teor alcoólico (entre 9 e 10%), tem um paladar mais adocicado e aromas que abrangem tanto flores quanto frutas brancas e vermelhas. A coloração pode variar entre um rosa mais pálido ou mais encorpado, de acordo com o produtor. Uma ótima pedida para os dias de calor!

Harmonização

No campo de harmonização, a Zinfandel se assemelha a outras variações fortes, como Cabernet Sauvignon, Tannat e Malbec. Com um sabor dominante, pode ser combinado a sabores complexos e condimentados.

Começando pelas carnes, que tal apostar em um churrasco? Seja em cortes grelhados à moda brasileira (como fraldinha) ou no barbecue americano (como a costelinha barbecue), as notas defumadas são ótimas para harmonizar com um bom vinho Zinfandel.

uva zinfandel harmonização

Vinho Zinfandel na taça, churrasco de fraldinha no prato!

Já para quem prefere massas, as melhores escolhas são pizzas com queijos e embutidos (como a de Calabresa) ou macarrão com bastante molho.

Para os vegetarianos e veganos, os vinhos Zinfandel também podem ser uma ótima escolha, já que casam perfeitamente com vegetais grelhados ou assados: cebolas, berinjelas, pimentões, tomates, cogumelos e abobrinhas são algumas das opções.

Por fim, a bebida vai bem tanto com queijos de bolor branco, como o brie, e os de cura média, como o gruyere.

Carnes carnes vermelhas grelhadas, como fraldinha
Massas pizzas com queijo e embutidos; massas com molho
Queijos brie e gruyere

Os vinhos da uva Zinfandel, também conhecida como Primitivo, são uma variação com sabor forte e característico, e uma alta graduação alcoólica. Hoje, é possível encontrar bons rótulos dessa uva, principalmente vindos da região da Califórnia, nos Estados Unidos.

Na loja virtual do Divvino você encontrará uma categoria exclusiva com vinhos da uva. Clique no banner abaixo para conferir!

vinhos zinfandel

Back To Top Skip to content