Conheça os melhores vinhos para acompanhar massas

Harmonização / 2 min

24 de outubro de 2018

Seja qual for nossa origem, levamos a paixão pelas massas,não é mesmo. No entanto, como combinar massas e vinhos?

Apesar de não ser nenhum desafio, o mais importante é ficarmos atentos aos molhos e guarnições que estarão presentes no prato.
Pensando nisso, elaboramos uma série de harmonizações com vinhos diferentes, que vão facilitar a sua escolha no dia a dia. Confira!

Para vinhos mais leves

Para esse caso, os frutos do mar. Além de delicados, têm notas marítimas e, por isso, é importante ficar atento à escolha do vinho certo. Os vinhos brancos e rosés, mais claros, de modo geral, acentuam essas notas delicadas vindas do mar e portanto valorizam ainda mais o seu prato!

Dica da Sommelier:

Casal Mendes Rosé

Monte Da Ravasqueira 

Para vinhos Brancos mais ácidos

Os vinhos brancos que apresentam mais acidez harmonizam muito bem com Molho Pesto, uma vez que, nesse prato, os aromas do molho são de ervas e vegetais, pois são mais leves e de acidez acentuada.

As uvas Sauvignon Blanc e Torrontés são uma ótima pedida para o delicado perfume dos molhos desse estilo.

Dica da Sommelier:

Amaral Sauvignon Blanc

Santa Irene Torrontés

Para vinhos gastronômicos

Molhos de Tomates, como o sugo e atomatados, de origem italiana, são muito populares e apreciados pelos brasileiros. Já que esse prato está tão presente no nosso dia a dia, é sempre bom saber com qual tipo de vinho melhor harmoniza!

Para isso, aposte nos vinhos roses, tintos, do estilo Chianti, e os da uva Merlot, porque eles têm acidez excelente e necessária para os molhos vermelhos.

Dica da Sommelier:

Chianti Castellani Reserva

Cantoalba Classic Merlot

Para vinhos leves e elegantes

Molhos à base de queijos! Esses molhos são mais gordurosos e pesados, o que requer vinhos mais volumosos e de acidez presente, por isso o Chardonnay e até mesmo a sutileza de um Pinot Noir ou ainda um Beaujolais. Eles são tintos, de boa fruta e por isso acompanham a elegância de molhos com queijos.

Dica da Sommelier:

Phebus Reserva Chardonnay

Alpataco Pinot Noir

Para tintos mais encorpados

A respostas para essa harmonização é carne bovina! A presença da carne no alimento cria a necessidade de vinhos mais encorpados para a harmonização, por isso, o Cabernet Sauvignon é uma boa pedida.

Além disso, tanto para lasanhas e panquecas quanto para o macarrão à bolonhesa, os taninos e a acidez dos vinhos tintos são essenciais.

Dica da Sommelier:

Castellani Cabernet Sauvignon

Mousai Cabernet Sauvignon

E aí, o que achou das dicas? Para descobrir as melhores combinações de alimentos e vinhos, clique aqui e acesse a categoria de harmonizações do blog do Divvino!