skip to Main Content
Guia De Uvas: Vinhos Brancos Leves Da Uva Sauvignon Blanc

Guia de Uvas: vinhos brancos leves da uva Sauvignon Blanc

uva sauvignon blanc

A uva Sauvignon Blanc está entre as mais cultivadas no mundo: ocupa a oitava posição no índice geral, e é terceira mais popular entre as castas brancas, com cerca de 218 mil hectares plantados.

Trata-se de uma variação francesa, mas que se adaptou bem aos terroirs do Novo Mundo, em países como Nova Zelândia, Estados Unidos e Brasil, graças ao seu alto nível de acidez e mineralidade.

Quer conhecer um pouco mais sobre a história e as características de uma das principais cepas do mundo? Continue a leitura!

Origem da uva Sauvignon Blanc

Assim como uma série de outras uvas, a Sauvignon Blanc se originou na França, mais precisamente entre as regiões de Bordeaux e do Vale de Loire, ao leste do país europeu.

Acredita-se que a primeira vez que a cepa tenha sido citada foi em um dos livros de Gargântua e Pantagruel, do escritor francês François Rabelais, no ano de 1534. À época, ainda era chamada de Fiers.

Já no século 18, foi rebatizada como Sauvignon Blanc, nome pelo qual ficaria conhecida permanentemente. Trata-se da junção de três palavras em francês: sauvage (“selvagem”), vigne (“vinha”) e blanc (“branco”).

Apesar de ser legitimamente francesa, a uva só encontraria reconhecimento a partir do século 19, quando começou a ser plantada no Novo Mundo. A razão de ter sido exportada foi o ataque da praga filoxera à França, que dizimou boa parte das vinhas do país europeu.

Hoje, segundo a OIV, a Sauvignon Blanc ocupa a décima posição entre as uvas mais cultivadas na França, ocupando 28 mil hectares. É muito utilizada por enólogos em denominações de origem, como Pouilly-Fumé, Sancerre e Graves.

Outros países que se destacam na produção da uva são Nova Zelândia (20 mil hectares), Itália (18 mil hectares) e Estados Unidos (16 mil hectares).

No Brasil, a cepa tem se adaptado muito bem à Serra Catarinense, o que fez com que muitos enólogos investissem em rótulos da uva nos últimos anos. O terroir tem uma série de similaridades com o da Nova Zelândia, tornando as bebidas dos dois países bastante similares.

Sauvignon Blanc na Nova Zelândia

A uva Sauvignon Blanc foi um sucesso quase instantâneo na Nova Zelândia. Começou a ser plantada no país na década de 1970, e em pouco mais de 20 anos de produção, ganhou destaque no mercado internacional. Hoje, o país oceânico é o segundo maior produtor da cepa, com pouco mais de 20 mil hectares plantados.

A região que se destaca na produção desses vinhos é Marlborough, responsável por ¾ de todos os vinhos da Nova Zelândia. O terroir marítimo, o solo arenoso e as grandes altitudes ajudam a desenvolver uma excelente acidez e uma grande variedade de aromas.

uva sauvignon blanc nova zelândia

Plantações de Sauvignon Blanc em Marlborough, na Nova Zelândia.

Características da uva

Os frutos da uva Sauvignon Blanc são pequenos e arredondados, de tonalidade verde clara. Dão origem a um vinho de corpo extremamente leve, com coloração amarelo pálido e translúcido, às vezes puxado para o verde.

uva sauvignon blanc características

Essas características de aparência também dizem muito sobre o paladar: trata-se de um vinho fresco, de corpo leve e muito carregado em acidez. Os taninos costumam ser inexistentes, e o dulçor residual é raro, porém pode aparecer em alguns rótulos.

Os aromas mais comuns são os de frutas cítricas (como limão e toranja) e tropicais (como maracujá e pêssego) e zimbro. Em alguns casos, também podem aparecer notas de pimentão, vegetais e minerais.

Harmonização

Como já falamos, a uva Sauvignon Blanc é leve, com nuances bem sutis. Portanto, o desafio dessa harmonização é buscar comidas com intensidade similar, que não se sobreponham ao sabor da bebida.

Antes de mais nada, por se tratarem de vinhos herbáceos, são excelentes para acompanhar saladas refrescantes e pratos temperados com salsinha, manjericão,
tomilho e açafrão.

As proteínas mais indicadas são as brancas, como aves, peixes e frutos do mar, sem temperos muito carregados. Evite carnes vermelhas, pois elas apagarão as nuances do vinho no paladar.

No caso das massas, prefira molhos cremosos, acompanhados de legumes e vegetais da primavera, como ervilhas, aspargos, brócolis e couve-flor.

Por fim, os queijos ideais para harmonização devem ser leves no sabor, porém apresentar uma boa cremosidade. É o caso do brie, mascarpone e dos queijos à base de leite de cabra.

uva sauvignon blanc harmonização

Se engana quem pensa que, por dar origem a vinhos leves e de pouca intensidade, a uva Sauvignon Blanc não é interessante. Muito pelo contrário: há muitas bebidas deliciosas, com sabor e aroma diferenciados.

No Divvino, você encontra diferentes rótulos de Sauvignon Blanc em terroirs do mundo inteiro. Clique no banner abaixo para conferir!

uva sauvignon blanc divvino

Back To Top