skip to Main Content
Conheça Os Principais Acessórios Para Vinho E Suas Funções

Conheça os principais acessórios para vinho e suas funções

acessórios para vinho

Para uma boa degustação, além de excelentes rótulos, são necessários alguns acessórios para vinho. Desde os mais básicos aos mais avançados, esses itens têm o papel de deixar as bebidas nas condições ideais para serem consumidas.

Elaboramos este conteúdo citando os principais utensílios e suas funções, além de como utilizá-los da melhor maneira. Leia até o fim para saber mais!

Saca-rolhas/abridor

O primeiro item da lista é também o mais essencial. Se você já ficou sem abrir uma garrafa por não tem um abridor de vinho à mão, sabe o quanto a situação é frustrante.

acessórios para vinho abridor

Há diversos tipos de saca-rolhas, como os manuais, que exigem mais esforço, os de rosca, os de ar comprimido ou os elétricos. A escolha por um ou outro depende de suas necessidades, mas, em todo caso, é essencial que seja feito de material resistente e durável. Assim, este acessório para vinho poderá lhe acompanhar durante anos.

Dica: em vinhos mais antigos, a rolha pode ressecar e quebrar durante a abertura, portanto, puxe-a com muito cuidado. Se ela cair no vinho, pode acabar soltando sedimentos e estragando sua degustação.

Taças de vinho

Seguindo na linha de itens essenciais, está o recipiente em que você servirá o vinho a você e aos seus convidados. As taças costumam ser feitas de vidro ou cristal para facilitar na análise visual do degustador, e a parte superior arredondada ajuda a manter os aromas da bebida.

Geralmente, o bojo é sustentado por uma haste e uma base para evitar que a pessoa segure diretamente na parte em que está o líquido e a bebida se aqueça no interior do recipiente.

O tipo de taça que você escolhe para servir o vinho é essencial para o seu desenvolvimento, além de afetar sua densidade e a posição dos aromas durante a degustação.

Abaixo, compare os principais formatos de taça e saiba qual o tipo de vinho mais indicado para cada uma:

acessórios para vinho taças

Decanter

Trata-se de um recipiente de vidro ou cristal alto que pode variar no formato, mas que geralmente tem a boca levemente alargada, o centro afunilado e a base larga. Suas principais funções são manter o vinho em contato com o oxigênio para que aflore suas características e decantar possíveis sedimentos que se desprenderam da bebida.

Ao despejar o conteúdo de uma garrafa de vinho no decanter, ele aumenta sua área de contato com o ar. Consequentemente, a bebida passa pelo processo de oxigenação, amaciando os taninos e desenvolvendo aromas. Já os sedimentos serão separados graças a seu formato afunilado.

Este item é indicado principalmente para vinhos tintos tânicos e/ou que ficaram armazenados durante muito tempo. Enquanto estiverem em contato com oxigênio, os taninos e aromas vão se desenvolvendo aos poucos e tornando a bebida mais agradável.

Utilizá-lo em rótulos brancos ou de safras recentes, para consumo mais jovem, não é o ideal. Isso porque o processo de oxigenação já ocorre naturalmente em taça, e acelerá-lo pode piorar as características do vinho.

Como usar um decanter

O primeiro passo para decantar seu vinho é deixar a garrafa em pé com algumas horas de antecedência. Isso vai fazer com que os sedimentos desçam até o fundo e sejam mais fáceis de separar.

Em seguida, despeje o conteúdo da garrafa vagarosamente. Assim que você reparar que os sedimentos atingiram o gargalo ou a colocação do líquido se tornar mais turva, pare de despejá-lo. Utilize uma luz para ajudá-lo nessa etapa.

acessórios para vinho decanter

Despeje todo o líquido dentro do decanter e espere alguns minutos para que se desenvolva.

Enfim, espere! O oxigênio se encarregará de arejar seu vinho. De vez em quando, faça movimentos circulares com o recipiente para acelerar o processo.

Tintos leves, como Zinfandel e Pinot Noir, devem passar cerca de 30 minutos no decanter. Já vinhos de intensidade média, como Cabernet Sauvignon e Merlot, entre uma e duas horas, enquanto os rótulos com alto potencial de guarda, como Syrah e Sangiovese, podem permanecer três horas ou mais.

Lembre-se de ir experimentando durante o processo para verificar se a bebida já atingiu o ponto que você deseja. Em dias de calor, coloque o decanter sobre um balde de gelo para o que o vinho não esquente muito.

Aerador

A função do aerador de vinho é muito similar à do decanter, porém o processo acontece de maneira quase instantânea. Ao passar pelo acessório, o líquido sofre a pressão da gravidade e se mescla ao oxigênio, que entra por meio de pequenos buracos nas laterais.

Para separar os sedimentos, é comum que o utensílio tenha uma peneira em uma das pontas, que impeça a passagem de partículas sólidas.

A grande diferença entre decanter e aerador de vinho é que, com o primeiro utensílio, você pode ir testando a oxigenação e degustar a bebida de acordo com seu paladar. Já no segundo caso, o processo é feito automaticamente, sem possibilitar essa personalização.

Termômetro

Quando se fala na condição ideal para se servir um vinho, não é apenas um capricho dos enólogos. Na realidade, quando a bebida atinge determinada temperatura, será melhor para perceber seus sabores, aromas e sua textura.

Há dois modelos principais de termômetros para vinho: o primeiro tem forma de cruz e deve ser colocado diretamente na taça para verificar a temperatura final da bebida.

acessórios para vinho termômetro

Verificar a temperatura de serviço do vinho é melhor para perceber seus sabores e aromas.

Já o segundo tem formato circular e é acoplado diretamente à garrafa. Alguns vêm com as marcações de acordo com a temperatura de serviço de cada tipo de vinho, como tinto, rosé, branco e espumante.

Utilizando acessórios para vinho, você torna sua degustação mais completa, melhorando o serviço para você e seus convidados e percebendo mais nuances de aromas e sabores na bebida.

Para conferir os melhores acessórios para saborear seus vinhos preferidos, acesse o site do Divvino clicando no banner abaixo!

acessórios para vinho divvino

Back To Top