Regiões vinícolas da Espanha: conheça as principais

Destaques / 3 min

3 de dezembro de 2018

A produção de vinhos na Espanha iniciou-se há muito tempo. O país, hoje, tem a maior extensão territorial de vinhedos do mundo, é referência mundial no cultivo e produção das bebidas e está entre os três que mais produzem, consomem e exportam vinhos no mundo.

Em 2017, de acordo com a Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), os espanhóis exportaram 22,1 milhões de hectolitros de vinho, liderando a lista. A qualidade das regiões vinícolas da Espanha tem grande participação em todo esse sucesso.

Neste post, citamos as principais regiões produtoras de vinhos na Espanha. Quer saber quais são? Continue a leitura!

La Rioja

La Rioja é uma macrorregião que é subdivida em três:

  • Rioja Baja;
  • Rioja Alta; e
  • Rioja Alavesa.

Seus vinhedos ficam entre 500 e 800 metros acima do nível do mar, o que permite ter um clima favorável para o plantio das frutas.

O solo de Rioja Baja é bastante argiloso, e a principal uva cultivada é a Garnacha. Em Rioja Alta e Alavesa, os climas são bem parecidos, onde não há extremidade de calor ou frio.

regiões vinícolas da espanha

San Vicente de la Sonsierra, La Rioja, Espanha. Foto: Alberto Loyo.

De 1970 para frente, o processo de “descanso” das bebidas na região mudou. Elas passaram a ficar mais tempo na maceração, com a substituição do carvalho americano pelo francês.

Cataluña

É de lá que saem os famosos espumantes Cava. A região da Cataluña é importantíssima para o sucesso da Espanha no mercado vitivinicultor. A localidade tem ampla produção de vinhos e inúmeros vinhedos.

regiões vinícolas da espanha

Vinícola da região da Cataluña, na Espanha. Foto: Richard Semik.

Com baixo índice pluviométrico, o solo da região apresenta mais concentração no cultivo das uvas, ocasionando coloração bastante escura nas bebidas.

Toro

Por muitos anos, Toro foi conhecida pela produção de vinhos mais rústicos e menos valorizados. Hoje, tornou-se uma região-chave para o sucesso dos vinhos da Espanha. Situada na cidade de mesmo nome, desde a Idade Média há atividade vitivinicultora no local.

regiões vinícolas da espanha

Cachos de uvas vermelhas crescendo na região de Toro, província de Zamora, Espanha. Foto: Dolores Giraldez Alonso.

A uva mais produzida é a Tempranillo, mas um pouco diferente da tradicional, ao qual chamam de “local” ou “Tinta de Toro”.

O solo da região é de argila vermelha, e seus vinhedos encontram-se entre 600 e 700 metros acima do nível do mar. A área é bastante montanhosa e apresenta um clima perfeito para o cultivo das frutas.

Castilla y León

Situada ao centro-norte da Espanha, Castilla y León é uma macrorregião imensamente importante. Nela, são produzidas Denominações de Origem famosas, como Ribera del Duero, Bierzo e Rueda.

Para conhecer mais regiões produtoras de vinhos pelo mundo, clique no banner abaixo, baixe grátis o e-book Volta ao Mundo dos Vinhos, produzido pela loja virtual do Divvino, e saia uma especialista no assunto!

regiões vinícolas da espanha